Botina Elástico Bidensidade

Botina em couro em com espessura de 1,8 mm a 2,2 mm. Com forro em estroflex, costurado com linhas simples e duplas. C.A. Nº 36982, palmilha de EVA.

Solado monodensidade em poliuretano (PU) injetado diretamente no cabedal, com função antiderrapante e com alta resistência ao desgaste.

NR-32 – Segundo consta na NR 32, em seu item 32.2.4.5, letra “e”, a empresa ou empregador deve proibir o uso de calçado aberto pelo trabalhador. Isso se deve por se encontra sujeito a riscos biológicos, ou seja, à probabilidade da exposição ocupacional a agentes biológicos (32.2.1). Consideram-se agentes biológicos, segundo o item 32.2.1.1, os microrganismos, geneticamente modificados ou não; as culturas de células; os parasitas; as toxinas e os príons. A apuração de quem está exposto ao risco biológico é realizada através de PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais , que deverá avaliar dentre outros pontos: a) Identificação dos riscos biológicos mais prováveis, em função da localização geográfica e da característica do serviço de saúde e seus setores; b) Avaliação do local de trabalho e do trabalhador. O Guia Técnico de Risco Biológicos da NR 32 define que entende-se por calçado aberto aquele que proporciona exposição da região do calcâneo (calcanhar), do dorso (peito) ou das laterais do pé. Logo, pode-se concluir que não se pode exigir o uso de calçado fechado de todos os trabalhadores do estabelecimento de serviço de saúde, mas somente daqueles que estejam expostos a riscos biológicos definidos pela NR 32, quais sejam: os microrganismos, geneticamente modificados ou não; as culturas de células; os parasitas; as toxinas e os príons.

Quando da realização da reunião da CTPN da NR 32 no último mês de agosto/2011, foi esclarecido por essa Comissão, cujos membros em sua maioria, participaram da elaboração da NR 32, que o calçado fechado não é Equipamento de Proteção Individual – EPI, visto que as alíneas contidas no item 32.2.4.5, “são relativos às medidas de proteção que devem ser adotadas pelo empregador no sentido de minimizar a possibilidade do contato do trabalhador com os agentes biológicos. Estas medidas não oferecem necessariamente proteção efetiva de forma a caracterizar medida de proteção individual. Assim sendo, o calçado mencionado na alínea “e” não deve ser considerado EPI.”pessoa tenha que se abaixar para juntar o lixo.

A Suprimix é representante da marca Imbiseg em Tubarão, criciúma, braço do norte e na AMUREL.

Entrar

"
REF: botina-de-seguranca Categoria

Botina de Segurança, Marca: Imbiseg. Suprimix Suprimentos, Produtos de EPI (Equipamentos de Proteção Individual) Tubarão, Criciúma e Laguna – Santa Catarina (SC)

Fabricantes:

  • Imbiseg.

Versões:

  • 35, 36, 37, 38, 39, 40, 41, 42, 43, 44 e 45..

Especificações:

  • Cor: Preta..
A Suprimix Suprimentos atende e entrega seus produtos nas seguintes cidades da região sul de Santa Catarina: Armazém, Braço do Norte, Capivari de Baixo, Criciúma, Grão Pará, Gravatal, Içara, Imbituba, Jaguaruna, Laguna, Lauro Muller, Orleans, Pedras Grandes, São Ludgero, São Martinho, Sangão, Treze de Maio, Tubarão, Urussanga.
A Suprimix Suprimentos possui um Mix com mais de 3 mil itens surpreende não só pela diversidade de opções como também pela variedade de marcas oferecidas: EPI – Equipamento Proteção Individual, Papelaria e Escritório, Descartáveis, Higiene e Limpeza, Utilidades, Condomínios.
Suprimix investe constantemente na criação e manutenção de programas de atendimento ao cliente. Entre os vários canais de atendimento estão: site, atendimento online, mala direta, e-mails, telefone e loja física.
Na Suprimix Suprimentos, o atendimento diferenciado fez com que a empresa buscasse satisfazer ainda mais as necessidades dos clientes, ampliando a variedade de produtos, e hoje apresenta mais de 3 mil itens em seu catálogo.